agenda
telemedicina

Telessaúde e Saúde Digital tem como finalidade expandir e melhorar a rede de serviços de saúde, sobretudo da atenção primária à saúde do paciente.

Após passar por um cenário delicado com a pandemia, começamos a ver o quanto as tecnologias foram aliadas fundamentais para poder passar por esse momento, podendo oferecer o suporte de saúde necessário para os pacientes. Assim, a telessaúde ganhou ainda mais importância.

Não é à toa, por exemplo, que tivemos avanços significativos nessa área, com novas portarias sobre o assunto sendo divulgadas pelo Ministério da Saúde. Portanto, os profissionais de saúde precisam estar atentos para essas questões.

Por isso, vamos explicar mais sobre saúde digital e telessaúde e, principalmente, mostrar como essas duas áreas podem ajudar os gestores e profissionais de saúde no dia a dia. Saiba mais a seguir.

O que é telessaúde?

O conceito de Telessaúde é definido pelo Ministério da Saúde como um componente fundamental para as estratégias de saúde digital no Brasil. Sendo assim, ela ajuda a trazer ferramentas de tecnologia da informação para o setor de saúde e bem-estar, permitindo duas atividades importantes para a população brasileira:

  • teleassistência: possibilidade de atendimento assistencial à distância, permitindo que regiões que tenham condições mais precárias de infraestrutura possam ter atendimento diferenciado com especialistas em determinadas áreas. Por exemplo, com uma teleconsulta, um paciente pode ter o suporte com um oncologista especializado no tipo de tumor que a pessoa tem. Ou seja, é uma forma de facilitar para pessoas que residam em cidades próximas, que não precisarão se deslocar desnecessariamente para determinados atendimentos;
  • teleducação: possibilidade de educar os profissionais de saúde com melhores técnicas, atualizando-os em relação às melhores práticas que temos atualmente, proporcionando atendimentos mais eficazes no dia a dia, sendo um diferencial importante tanto para o profissional quanto para o paciente, que poderá contar com suporte de profissionais de saúde mais bem preparados.

Como a telessaúde e a saúde digital ajudam a trazer melhor qualidade de vida para os pacientes?

Fato é que a telessaúde é uma aliada importante das estratégias de saúde digital, que tem por objetivo trazer maior comodidade e bem-estar para todos os envolvidos. Mas agora vamos falar especificamente sobre como ela ajuda no dia a dia dos pacientes.

Hoje ainda temos uma forte centralização de determinadas especialidades em cidades de médio e grande porte, o que dificulta para que pacientes de cidades menores tenham o suporte de saúde necessário em determinadas circunstâncias. Vamos a um exemplo para que você entenda essa dimensão.

Suponhamos que uma pessoa precise fazer um acompanhamento com um ortopedista especializado em joelho. Ela compareceu para uma consulta na qual era preciso fazer os testes clínicos e realizou exames de imagem.

Ela não precisa comparecer ao consultório, caso more em outra cidade: ela pode, por exemplo, solicitar que o laudo e imagens sejam encaminhados para o profissional e ele fará a consulta de retorno por meio de telessaúde.

Outro exemplo: paciente idoso, que mora distante do consultório (ainda que na mesma cidade) e com dificuldades de locomoção pode ter maior conforto para consultas de acompanhamento de saúde, sem a necessidade de comparecer pessoalmente para isso.

Ele pode fazer os relatos de saúde (para anamnese) online e, se alguma questão exigir uma investigação física, aí sim encaminhá-lo para o consultório.

Ele pode receber os pedidos dos exames, que poderão ser realizados em sua região e, depois, os resultados serão encaminhados para o profissional. A partir disso, ele pode, inclusive, emitir as receitas para controle de determinados quadros, quando necessário, enviando-a por e-mail. 

Com isso, o idoso não precisa se expor a situações de risco ou, até mesmo, cansar-se desnecessariamente. Todo o atendimento pode ser feito com excelência por meio do teleatendimento, sem maiores problemas.

Outra vantagem para o paciente é poder ficar mais tranquilo em relação ao seu dia a dia. Por exemplo, principalmente em grandes centros, sabemos que o deslocamento para atendimento de saúde primária pode demandar, praticamente, um dia inteiro dentro da mesma cidade, inviabilizando que ela possa trabalhar naquele dia.

Com medo de problemas no ambiente de trabalho, muitos pacientes deixam de fazer o acompanhamento de rotina e, assim, podem demorar mais para diagnosticarem um quadro de saúde importante (por exemplo, descobrir precocemente a existência de diabetes).

Com a telessaúde, eles podem fazer esse acompanhamento online, sem precisar se deslocar e trazer maior tranquilidade e bem-estar para os cuidados de saúde.

Como a saúde digital e telessaúde é regulamentada no Brasil?

A telessaúde é regulamentada por meio de portarias do Ministério da Saúde. A mais recente foi assinada no dia 02 de junho de 2022, no qual traz diretrizes e critérios mais atualizados para sua adoção, além de estender a atuação da telessaúde para a atenção primária no SUS, por meio das UBS digitais.

Mas isso começou em 2006, quando foi criada a Comissão Permanente de Telessaúde e o Comitê Executivo de Telessaúde.

Mas o grande marco foi a criação do Programa Nacional de Telessaúde Brasil Redes, em 2007, que permitiu tanto a instituições públicas quanto particulares atuarem em conjunto para melhorar a assistência de saúde remota pelo SUS.

Por isso, é fundamental que os profissionais de saúde que desejam ter atuações mais modernizadas e alinhadas com a possibilidade de prestação de serviço para regiões remotas ou, ainda, oferecer maior conforto e qualidade de vida para os pacientes.

Quais os benefícios da telessaúde para os profissionais de saúde?

E para os profissionais de saúde? Quais são os benefícios de investir em telessaúde na atenção primária para seus pacientes? Temos diversas vantagens que se refletem, até mesmo, em melhor qualidade de vida para o profissional. Vejamos a seguir:

  • Muitas vezes a rotina de trabalho do médico é estendida, principalmente, quando acontecem atrasos sucessivos de pacientes. Com a telessaúde, as chances de que isso ocorra são bastante minimizadas, de forma que você minimiza o tempo extra no consultório, otimizando sua rotina;
  • Acompanhamento do prontuário eletrônico que, quando possível, pode ser compartilhado (com anuência do paciente) para tratamentos multidisciplinares em saúde;
  • Melhora da capacidade de serviço, justamente, pela redução dos atrasos, permitindo que você possa atender mais pessoas no seu dia a dia;
  • Redução de custos, já que você pode, em alguns casos, separar dias de telemedicina e atender em casa, sem necessidade de deslocamento para o consultório;
  • Maior agilidade no atendimento;
  • Possibilidade de ter um acompanhamento mais preciso do paciente. Caso ocorra alguma situação urgente em que você precise orientar o paciente, a telessaúde e saúde digital podem ajudar nisso.

A telessaúde e a saúde digital são o futuro da medicina. A partir dessas duas estratégias, é possível garantir diversos benefícios para pacientes, para os profissionais de saúde e para a sociedade como um todo. Ou seja, todos saem ganhando.

Para conhecer mais sobre os avanços da medicina para clínicas e consultórios, acompanhe outros conteúdos imperdíveis para área de saúde, não deixe de seguir nosso perfil nas redes sociais e fique atento em nossos posts!

GestãoDS nas redes sociais

Facebook

Instagram 

Tiktok

Linkedin

Artigos Relacionados

Newsletter GestãoDS

Semanalmente os melhores conteúdos para médicos empreendedores.
Hidden
LGPD*
Ao enviar seus dados você declara que concorda com a nossa Política de Privacidade.
logo GestãoDS
Simples e Descomplicada – O melhor software para médicos com pacientes recorrentes.

Siga Nas Redes Sociais

Endeavor Scale Up
Todos os direitos reservados | Suno Sistemas – CNPJ: 23.640.571/0001-96 | Política de Privacidade e Termos de Uso