Tabela gestacional: saiba como calcular o tempo de gravidez

  1. Home
  2. »
  3. Ginecologia e Obstetrícia
  4. »
  5. Tabela gestacional: saiba como calcular o tempo de gravidez
banner software médico completo para impulsionar clínicas e consultórios

Sumário

A tabela gestacional é a forma de acompanhamento gestacional, através da qual se conta o tempo de uma gravidez em semanas. Tenha um modelo sempre a disposição na sua clínica para suas pacientes.

A descoberta da gravidez é sempre um momento mágico, mas também é repleto de inseguranças e dúvidas. Uma das principais é com relação ao tempo de gestação e à data provável do parto. Quem nunca se confundiu com a contagem em semanas, não é mesmo?

Para realizar a contagem de tempo e calcular a data aproximada em que o bebê vai nascer, os médicos utilizam uma tabela gestacional. Quer entender como utilizá-la? Então, não deixe de acompanhar o post até o final!

calcular o tempo de gestação

Afinal, o que é tabela gestacional?

É uma tabela por meio da qual contamos o tempo de uma gravidez. Ou seja, é uma forma de saber a idade gestacional, que é o tempo que passou entre a concepção até o momento do nascimento. Normalmente, o tempo total é de 280 dias ou 40 semanas.

Apesar de popularmente se referir ao tempo de gravidez em meses, e que o tempo total é de 9 meses, o correto é contar a idade gestacional em semanas. Isso porque durante a gestação (especialmente na primeira metade) ocorre muitas mudanças no organismo da mulher e do feto.

Em um único mês há diversas alterações importantes e fazer a contagem em semanas permite que os médicos definam com exatidão o tempo de cada uma delas. Então, entre uma consulta e outra, há diversas transformações. Desse modo, o profissional consegue monitorar todas elas com mais eficácia e atenção.

Como a tabela funciona?

A gravidez começa na concepção, que é quando o espermatozoide e óvulo se encontram. Vale lembrar que esse momento pode não coincidir com o ato sexual, pois esse encontro pode acontecer até uma semana após a ejaculação.

Como não há como saber com exatidão quando isso ocorreu, estabeleceu-se a data da última menstruação para ser utilizada como base para os cálculos de tempo de gestação. Caso a paciente não se recorde com certeza dessa data, é possível realizar alguns exames, que ajudarão o médico na contagem, como veremos ao longo do post.

Então, a partir da data da última menstruação, conta-se 40 semanas para chegar ao provável dia do parto.

E se não lembrar da data da última menstruação?

Muitas mulheres não se lembram exatamente da data da última menstruação. Outras têm o ciclo bem irregular e, ainda, há quem descubra a gravidez somente após várias semanas.

Mesmo nesses casos há como saber a idade gestacional e, a partir de então, utilizar a tabela gestacional. Para isso, o médico solicitará alguns exames. A seguir, saiba quais são os mais comuns.

Ultrassonografia transvaginal

A partir da 5ª semana, o embrião já pode ser identificado pela ultrassonografia transvaginal, que é um exame de imagem e tem alto grau de precisão, principalmente quando feito no primeiro trimestre de gravidez.

Nesse exame, o médico faz medições o fêmur, da circunferência da cabeça e da cintura, que ajudam a calcular o tempo de gestação. Assim, mesmo as mulheres que têm certeza da data da última menstruação devem realizar esse exame, pois o laudo médico confirma a idade gestacional.

Tamanho do útero

Como o tamanho do útero também muda de acordo com o tempo de gravidez, medi-lo é outra forma eficaz de saber a idade gestacional. Após a 12ª semana da gestação é possível palpar o útero logo acima da sínfise púbica.

Com 16 semanas, ele está maior e é possível senti-lo entre a sínfise púbica e a altura do umbigo. Por sua vez, com 20 semanas, ele se encontra na altura do umbigo.

Beta HCG

A Gonadotrofina Coriônica Humana — BhCG — é um hormônio produzido pelas células do embrião. Assim, sua dosagem é utilizada para calcular o tempo de gravidez, principalmente nas primeiras semanas, quando a produção é ainda maior.

tabela gestacional

Como entender a tabela gestacional?

Antes de irmos à tabela, é fundamental que você compreenda alguns termos e siglas muito utilizados por obstetras. Os principais são:

  • DUM — data da última menstruação;
  • DPP — data provável do parto;
  • IG — idade gestacional;
  • TERMO — tempo necessário de uma gravidez para que o bebê esteja pronto para nascer.

Para as mulheres que têm certeza da data da última menstruação, é possível fazer o cálculo das semanas seguindo o passo a passo abaixo:

  1. localize a data da última menstruação no calendário;
  2. some o intervalo de dias entre a data da última menstruação e o dia em que estiver fazendo o cálculo;
  3. divida o total por 7;
  4. o resultado será o tempo de gestação em semanas.

Vamos a um exemplo para você entender melhor. Digamos que hoje seja 30 de setembro e que você tenha certeza de sua última menstruação aconteceu no dia 28 de junho. Há 94 dias entre essas datas. Em seguida, dividimos 94 por 7. O resultado é aproximadamente 13,43. Então, você está grávida de pouco mais de 13 semanas.

Para mulheres que não têm certeza da data, pode-se considerar:

  • dia 5, se a menstruação aconteceu no início do mês;
  • dia 15, se aconteceu no meio do mês;
  • dia 25, se aconteceu no final do mês.

O restante do cálculo é igual: somar o intervalo de dias até a data da realização do cálculo e dividir por 7.

Qual é a tabela gestacional que os médicos usam?

A tabela utilizada pelos médicos é dividida em 3 trimestres. Cada um deles é dividido em semanas e quatro semanas agrupadas equivalem a um mês de gestação. Partindo da data da última menstruação, iniciam-se os cálculos das semanas de gestação e da data provável do parto. Desse modo, teremos:

1º trimestre

SemanasMeses
1 a 4 semanas1 mês
5 a 8 semanas2 meses
9 a 12 semanas3 meses

2º trimestre

SemanasMeses
13 a 16 semanas4 meses
17 a 21 semanas5 meses
22 a 26 semanas6 meses

3º trimestre

SemanasMeses
27 a 30 semanas7 meses
31 a 35 semanas8 meses
36 a 40 semanas9 meses
38 a 42 semanasnascimento

Agora que você entendeu como funciona a tabela gestacional, não deixe de fazer o cálculo para saber qual é o tempo correto de gestação. Assim, será possível realizar os exames de acordo com cada período e marcar suas consultas no consultório do médico de sua confiança.

Quer saber mais sobre assuntos da área da saúde? Então, aproveite a visita no blog e entenda como está o mercado de healthcare no Brasil.

Não deixe de conhecer nosso software médico de gestão de clínica e fidelização de pacientes;

Picture of Felipe Ravanello
Felipe Ravanello
Sócio fundador e Diretor de Negócios e Crescimento da GestãoDS, sistema de gestão para clínicas e consultórios médicos com mais de 10 mil usuários ativos em todo o país. É mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Host do podcast Prontuário de Gestão.