Benefícios da Toxina Botulínica: Quando devo aplicar?

  1. Home
  2. »
  3. Dermatologia
  4. »
  5. Benefícios da Toxina Botulínica: Quando devo aplicar?
banner software médico completo para impulsionar clínicas e consultórios

Sumário

A toxina botulínica é uma neurotoxina que a bactéria Clostridium botulinum produz. É uma substância que pode ser encontrada na natureza e tem alto potencial de trazer benefícios estéticos e tratamentos à saúde. É o tão conhecido botox.

No ecossistema, a toxina botulínica é apresentada em 8 variedades. Entre elas existem os tipos A, B, C1, C2, D, E, F e G. No entanto, nas aplicações clínicas são usados apenas os tipos A e B. Sendo que, para ser usada em tratamentos, é indispensável que se faça uma avaliação pré-cirúrgica.

Continue a leitura e descubra as particularidades da toxina botulínica!

Em quais casos podemos utilizar a toxina botulínica?

O uso da toxina botulínica tem sido muito solicitado na área estética e odontológica, com o objetivo de fazer reparos em casos que o cliente percebe a necessidade de ser assistido. 

Na estética

Nas clínicas de estética, a solicitação mais frequente do uso da toxina botulínica é em algumas partes do rosto, como o terço superior da face, que incluem a área ao redor dos olhos e a testa. A aplicação pode ser feita também no pescoço, para arquear as sobrancelhas e fazer correções no sorriso gengival.

A toxina botulínica é muito requisitada para fazer o preenchimento de rugas dinâmicas, conhecidas como pés de galinha, que são as rugas que mais costumam incomodar, sobretudo as mulheres.

A ação da toxina botulínica bloqueia a liberação da acetilcolina, que é um transmissor que age na passagem do impulso nervoso dos neurônios para as células dos músculos. Assim que a toxina é injetada, acontece a redução da contratura muscular. 

Esse impedimento é feito pela BTX-A, e não interfere na produção da acetilcolina, o que torna o quadro reversível em seis meses. 

A substância pode ser usada também, para amenizar desconfortos e proporcionar qualidade de vida e a autoestima em pessoas que sofrem com hiperidrose, ou seja, pessoas têm suor excessivo nas mãos e pés.

Na dermatologia

Apesar de que não há impedimento da aplicação da toxina botulínica pelos profissionais da estética, é importante saber que a classe mais recomendada para administrar essa substância são os dermatologistas. Isso porque, é indispensável fazer uma avaliação profunda da pele antes de fazer a aplicação.

Os dermatologistas são médicos certificados que estudam anos para avaliar e fazer a ingestão do botox com diversos conhecimentos essenciais para a segurança do paciente. Muitos dermatologistas bem qualificados são membros da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia)  

Quando não devo aplicar toxina botulínica no meu paciente? 

Apesar de ser uma substância que oferece diversas vantagens quando bem utilizada, ela também tem algumas contraindicações que precisam ser muito bem conhecidas pelos médicos e outros profissionais que fazem aplicação de botox.

Até então, não existe confirmação de teratogenicidade. Mesmo assim, o uso da substância não é aconselhável durante a gravidez e no período de lactação. 

É confirmada a contraindicação em pessoas portadoras de alergia a ovo (albumina), devido ser um dos itens que compõem a droga. Caso o paciente tenha efeitos adversos quando ingere ovo, é importante informar ao médico ou dentista antes de fazer o procedimento, assim, o profissional faz uma avaliação antes de aplicar a substância, para saber se a pessoa se inclui no grupo de risco.

E ainda, deve-se ter cuidado redobrado com a toxina, quando usada concomitantemente com aminoglicosídeos (antibióticos), anti-inflamatório e anticoagulante, pois a junção das duas substâncias potencializa a ação da toxina. 

Também não é recomendado para pacientes que fazem uso contínuo de medicações para pressão alta, antiácidos, laxantes e outros remédios que têm como base, o sulfato de magnésio.

O uso do Botox é proibido para pessoas que têm quadro de doenças neuromusculares, devido a ingestão ser realizada exatamente nas junções neuromusculares.

Pessoas que já se encontram com envelhecimento intenso e com flacidez acentuada não recomenda-se receber a toxina botulínica. Para esses quadros é indicado outros procedimentos faciais que podem trazer melhores resultados e que permanecem por mais tempo.

Como a Toxina Botulínica envelhece?

O ideal é que os procedimentos com toxina botulínica referentes a parte estética iniciem entre 25 e 30 anos, com o intuito de prevenir a presença de rugas e linhas de expressão. Normalmente é mais indicado para pessoas que costumam fazer fortes expressões faciais involuntariamente e as de pele clara e delicada. Expressões intensas que acontecem na musculatura do rosto, tornam-se estáticas e permanentes, e assim, causam rugas precoces no rosto.

As contínuas aplicações de botox e feitas em excesso, faz com que a pele torne-se mais fina e flácida e a musculatura fraca. A medida que a musculatura enfraquece, pode haver a necessidade de que novos músculos sejam acionados para que a pessoa consiga realizar certas expressões, fato que leva ao aparecimento de novas rugas naquele local. 

Essa ocorrência normalmente convida a uma nova aplicação da toxina nos músculos que também relaxaram. Enfim, o procedimento se torna um ciclo vicioso.

O mais recomendado é procurar um médico especialista e certificado na área, para receber uma avaliação e atendimento personalizado, pois cada paciente tem suas expressões, um tipo de pele, os seus incômodos e anseios. No entanto, conforme o resultado da análise do especialista, o médico pode recomendar a aplicação de ácido hialurônico, que é um produto com alto poder de hidratação e tem a competência de estimular a produção de colágeno, e assim, atuar de forma preventiva.

Como é a aplicação

A aplicação da toxina botulínica é um procedimento que dura aproximadamente 10 minutos. A introdução do produto é feita no consultório médico ou em clínica estética por um profissional especialista na área. A princípio é usado um creme anestésico no local onde será feito o tratamento, isso ajuda a diminuir o desconforto do processo. Em seguida, por meio de um aparelho de injeção, a solução botulínica é aplicada no cliente.

Como vimos, a Toxina botulínica é uma substância muito requisitada para melhorar o aspecto visual, mas que precisa de avaliação pré-cirúrgica para que o paciente não sofra transtornos após a aplicação. O tratamento apresenta inúmeros benefícios, como diminuir as rugas, amenizar as linhas de expressão e oferecer melhor apresentação facial.

Continue lendo: Os benefícios de um software médico na sua clínica: 5 diferenciais da GestãoDS para dermatologistas

Picture of Felipe Ravanello
Felipe Ravanello
Sócio fundador e Diretor de Negócios e Crescimento da GestãoDS, sistema de gestão para clínicas e consultórios médicos com mais de 10 mil usuários ativos em todo o país. É mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Host do podcast Prontuário de Gestão.