12 de maio – Dia do Enfermeiro e Dia Internacional da Enfermagem

  1. Home
  2. »
  3. Eventos
  4. »
  5. 12 de maio – Dia do Enfermeiro e Dia Internacional da Enfermagem
banner software médico completo para impulsionar clínicas e consultórios

Sumário

Dia do Enfermeiro e Dia Internacional da Enfermagem é comemorado em 12 de maio. Data escolhida para homenagear Florence Nightingale, a mãe da enfermagem. O dia 12 de maio foi escolhido para homenagear o exercício do profissional da enfermagem e todos os seus esforços para todos.

No Brasil, a data foi instituída pelo Decreto nº 2.956, de 10 de agosto de 1938. E, entre os dias 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem no país, em homenagem à Nightingale e Ana Néri, enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares. 

Cuidar das pessoas quando estão doentes, que é o momento em que mais se encontram vulneráveis, é uma atividade de extrema nobreza e importância. É por isso que no dia 12 de maio é comemorado o Dia do Enfermeiro e entre os dias 12 a 20 de maio comemoramos a Semana da Enfermagem.

Afinal, trata-se de uma profissão que tem papel fundamental na prevenção, manutenção e recuperação da saúde dos pacientes. Quer saber mais sobre a importância dos profissionais? Então, não deixe de acompanhar o post até o final.

dia do enfermeiro

Como surgiu o Dia do Enfermeiro?

O Dia do Enfermeiro passou a ser comemorado a partir de 1965, apesar de o Conselho Internacional de Enfermeiros ter aderido à celebração apenas em 1974. A data surgiu em homenagem à Florence Nightingale, pioneira da profissão e que nasceu no dia 12 de maio.

Florence nasceu em 1820, em Florença, na Itália. Naquela época, as mulheres eram criadas apenas para cuidar da casa e dos filhos. No entanto, ela, de personalidade forte, não cedeu às condições sociais impostas pela sociedade e resolveu ser enfermeira.

Como profissional, ela liderou uma equipe formada por 38 enfermeiras durante a Guerra da Crimeia, ocorrida entre 1853 e 1856. Mas seus esforços foram além: ao voltar para a Itália, continuou na luta pela profissionalização da Enfermagem e, assim, fundou a Escola de Enfermagem do Hospital St. Thomas.

A instituição foi fundada em 1860 e foi um grande marco na história por ser a primeira no mundo a formar profissionais de Enfermagem com diploma.

Como a comemoração da data chegou ao Brasil?

No Brasil também tivemos um grande nome que se transformou em referência na Enfermagem: Ana Néri. De família rica, nasceu em 1814 na Bahia e deixou sua vida confortável para servir como enfermeira voluntária na Guerra do Paraguai, que ocorreu entre 1865 e 1870, onde cuidou de soldados feridos.

Por esse motivo, o país dedica a semana do dia 12 a 20 de maio anualmente para comemorar a data e lembrar das contribuições de Florence Nightingale e Ana Néri para a Enfermagem. 

Aqui no Brasil, as comemorações começaram no ano de 1938, por meio de decreto do então Presidente Getúlio Vargas. As datas foram escolhidas porque no dia 12 de maio é o nascimento de Florence e o Dia Internacional da Enfermagem e o dia 20 de maio é dedicado ao Auxiliar e ao Técnico de Enfermagem.

Qual a importância da profissão no sistema de saúde?

Em geral, os enfermeiros são os primeiros a terem contato com o paciente. Em muitos casos, eles são os principais elos que uma pessoa internada tem com o mundo exterior. Assim, eles têm o poder de ajudar os pacientes, não apenas com a saúde física, como também com a psicológica.

De acordo como Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) esses profissionais representam de 60% a 80% do total das ações na atenção básica e cerca de 90% das ações da saúde em geral.Ou seja, estão presentes no momento em que chegamos à vida até o momento em que a deixamos.

Cuidado e atenção são duas palavras que resumem bem o papel do enfermeiro, independente de sua especialidade. Afinal, eles são fundamentais tanto na prevenção, quanto na manutenção e na recuperação da saúde dos pacientes. Além disso, dão o suporte necessário para outros profissionais da saúde.

Quais as funções do enfermeiro?

O setor da saúde é bastante amplo e conta com inúmeras especialidades. Do mesmo modo, a atuação do enfermeiro é bastante abrangente. Ou seja, ele é responsável por diversas ações. As principais são:

  • preparação dos pacientes para o atendimento médico;
  • assistência durante cirurgias;
  • cuidado de pacientes em nível crítico de saúde, como os internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI);
  • administração de medicamentos estabelecidos na unidade de saúde;
  • assepsia e cuidados com feridas e lesões;
  • aplicação de vacinas;
  • execução de tratamentos prescritos;
  • prestação de cuidados de higiene, conforto e alimentação.

Além dessas funções, o enfermeiro também pode executar tarefas administrativas, como:

  • supervisão geral dos auxiliares e técnicos em enfermagem;
  • organização e direção dos serviços de enfermagem;
  • passagem de plantão;
  • preparação de escalas de serviços;
  • avaliação de desempenho da equipe;
  • participação de pesquisas na área de enfermagem;
  • controle de infecções hospitalares.
enfermeiro

Onde um enfermeiro pode atuar?

Como mencionamos, o enfermeiro pode realizar diversas funções. Tudo dependerá do local onde ele trabalha e da especialidade que exerce. A seguir, confira as principais áreas de atuação.

Geral

Nesse caso, o enfermeiro atua no que chamamos de linha de frente. Assim, pode trabalhar em clínicas, consultórios, hospitais, postos de saúde e outras instituições.

Nesses locais, pode realizar diversas atividades, como triagem de pacientes, preenchimento de prontuários, realização dos primeiros atendimentos, coleta de exames, administração de medicamentos, monitoramento do estado de saúde dos pacientes, entre outras.

Centro cirúrgico

O profissional é quem prepara o paciente, o local onde será feita a cirurgia, auxilia médicos, bem como é responsável pelos cuidados pré e pós-operatórios

Antes da cirurgia, realiza exames no paciente, monitora sua dieta, atualiza o prontuário e aplica medicações.No centro cirúrgico, esteriliza e testa os equipamentos, auxilia o médico, prepara e organiza os materiais. Depois da cirurgia, acompanha o paciente verificando seus sinais vitais, examina o funcionamento de sondas e acessos de medicamentos, troca curativos, administra medicamentos e cuida do bem-estar do paciente.

Emergência

Os enfermeiros dessa área têm uma rotina mais intensa e exigente, pois atuam em pronto-atendimentos e em unidades de emergência. Ou seja, tratam de pacientes que chegam com alguma crise aguda, vítima de acidentes e outras situações. Assim, precisam ser ágeis na hora de realizar os procedimentos e devem saber tomar decisões sobre pressão.

Resgate

O trabalho é semelhante ao da emergência. No entanto, atuam fora do hospital, pois fazem parte da equipe de salvamento que se desloca até o local onde está o paciente para prestar os primeiros socorros. Além de imobilização, realização de curativos, também podem realizar procedimentos de reanimação.

Obstetrícia

Ajuda no acompanhamento do pré-natal e oferece toda a assistência durante e após o parto. Ou seja, presta auxílio às gestantes e às mães que acabaram de dar à luz ao seu filho.

Atendimento domiciliar

Cada vez mais em alta, o home care, como também é chamado, é quando o enfermeiro se desloca até o domicílio do paciente para prestar cuidados, seja a pedido de alguma clínica, consultório ou hospital, ou mesmo quando é contratado para cuidar do paciente em casa.

Portanto, o Dia do Enfermeiro é uma data muito comemorada e celebrada por todos. Afinal, esses profissionais estão presentes em todas as situações que necessitamos de atendimento médico e são indispensáveis pela manutenção da nossa saúde.

Quer ficar por dentro dos principais assuntos que envolvem a área da saúde? Então, siga a Gestão DS nas redes sociais e acompanhe nossas publicações. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn.

Não deixe de conhecer nosso software médico de gestão de clínica e fidelização de pacientes;

Picture of Felipe Ravanello
Felipe Ravanello
Sócio fundador e Diretor de Negócios e Crescimento da GestãoDS, sistema de gestão para clínicas e consultórios médicos com mais de 10 mil usuários ativos em todo o país. É mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Host do podcast Prontuário de Gestão.