gestão de estoque

A gestão de estoque para clínicas médicas é uma atividade essencial porque permite um melhor desempenho das atividades. O controle de insumos faz com que haja um alinhamento entre a demanda e a reposição. Desse modo, evita-se o desperdício e a falta de produtos.

Como consequência, além de garantir um bom atendimento aos pacientes, também é possível melhorar os resultados da clínicajor. Outro ponto fundamental é que por se tratar de um ambiente que envolve saúde, a eficácia da gestão de estoques está diretamente ligada à recuperação dos pacientes.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura do post e esclareça todas as suas dúvidas!

O que é gestão de estoque de clínica médica?

Gestão de estoque é uma das tarefas mais importantes em qualquer empresa, seja qual for seu porte. E não seria diferente com as clínicas médicas e hospitais. Trata-se do processo pelo qual é feito o controle constante dos produtos utilizados em todas as atividades realizadas.

Então, com ela, é possível entender melhor as demandas e, assim, determinar as necessidades de reabastecimento. Por esse motivo, o controle de estoque é indispensável para que a clínica funcione adequadamente e preste serviços com a qualidade proposta, sem interrupções ou falhas.

Sendo assim, envolve o local onde os insumos são armazenados, relacionamento com os fornecedores, treinamento com os colaboradores, metodologia de organização e software utilizado para registrar as entradas, saídas e quantidades de determinado item no acervo.

gestão de estoque

Por que ela é tão importante?

Como já comentamos, a gestão de estoques é um dos processos essenciais para o desempenho de qualquer empresa. No caso de clínicas médicas e hospitais, esse controle é ainda mais importante. Afinal, permite gerir de forma correta todos os produtos e medicamentos necessários para a realização dos procedimentos.

Dessa forma, também garante não apenas o bom atendimento, como a satisfação dos pacientes e sua fidelização. Coloque-se no lugar do paciente e imagine como seria inconveniente agendar um procedimento e, ao chegar o dia, a clínica precisar adiá-lo
porque alguns materiais estão em falta. Bem frustrante, não é mesmo?
Um paciente bem atendido sempre acaba recomendando a clínica para amigos e familiares. Do mesmo modo, quando não se sente satisfeito com o atendimento, comentará com seu círculo social os problemas que teve. Consequentemente, a clínica deixa de atrair novos pacientes, além de perder os antigos.

Além disso, a gestão de estoque para clínicas médicas também envolve os materiais utilizados na administração. Portanto, é um processo que não melhora apenas a jornada do paciente, como também aumenta a produtividade da equipe de trabalho, permite que nenhuma atividade seja prejudicada, reduz os custos, otimiza as tarefas e, assim, impulsiona o crescimento da clínica.

young asia entrepreneur businesswoman check product purchase order stock save tablet computer work home office small business owner online market delivery lifestyle freelance concept

Como fazer uma gestão de estoque eficaz?

Agora que você entendeu a importância de uma boa gestão de estoques para clínicas médicas, que tal saber como fazê-la de forma eficaz? A seguir, acompanhe o passo a passo.

Conheça as demandas da sua clínica

O primeiro passo para ter um bom controle do estoque é entender quais são as demandas da clínica. Além de procurar saber quais são os itens utilizados rotineiramente, é importante verificar a sazonalidade de cada item armazenado, pois muitos produtos sofrem mudança de consumo ao longo do ano.

Assim, você conseguirá fazer com que o inventário seja compatível com as necessidades de clínica, evitando compras em excesso, que causam desperdício em virtude da data de validade dos itens, bem como a falta de determinados itens, que impossibilitam o atendimento a pacientes.

Faça um inventário do seu estoque

Depois de saber quais materiais são utilizados na clínica e com que frequência, o passo seguinte é fazer uma checagem de tudo o que já tem no estoque e registrar. Essa documentação inicial é trabalhosa, mas é crucial para um bom controle.

Utilizar um software facilitará muito essa tarefa. Basta registrar o código de barras para registrar no sistema o tipo de produto, quantidade, data de compra, prazo de validade e outras informações relevantes.

Mantenha o estoque atualizado

Após fazer um levantamento do estoque, você deve mantê-lo atualizado. Então, sempre que fizer uma nova compra, os produtos devem ser lançados no inventário. Do mesmo modo, sempre que forem utilizados, devem ser baixados do sistema.
Esse controle é essencial para fazer um planejamento de reposição e evitar a falta de materiais.

gestão de estoque

Armazene corretamente os produtos

É extremamente importante armazenar os itens de forma adequada para que eles mantenham suas características originais, tanto químicas quanto biológicas e físicas. Muitos produtos requerem armazenamento específico. Então, providencie isso de acordo com o indicado pelo fabricante de cada um.

Escolha bem seus fornecedores

De nada adianta conhecer suas demandas, fazer um levantamento e manter seu estoque atualizado se os seus fornecedores não cumprem prazos. Dessa forma, procure ter uma relação de confiança com seus fornecedores. Pesquise sobre sua política de preços,
pontualidade, credibilidade, competência e disponibilidade de materiais.

Outro ponto importante é não ficar à mercê de apenas um. O ideal é contar com uma boa carteira de fornecedores. Assim, quando um produto estiver em falta em um, você terá outras opções de quem comprá-lo. Além disso, ter mais de um fornecedor dá um grande poder de negociação de preços e prazos de pagamento.

Invista em um software de gestão

A tecnologia oferece soluções incríveis que facilitam a rotina das clínicas médicas. Uma das que não podem faltar é um sistema completo de gestão. Esse software conta com diversas ferramentas para ajudar em todas as tarefas da clínica, como controle financeiro, telemedicina, marketing médico, agendamento, prontuário, entre outros.

Na parte de controle de estoque de materiais, sempre que algum item for utilizado em algum procedimento, sua quantidade será automaticamente atualizada no sistema. Com isso, há aumento do lucro e da produtividade, otimização das tarefas e sua clínica
conquistará um grande diferencial competitivo.

Como você viu, a gestão de estoques para clínicas médicas é de suma importância para impulsionar os resultados e conquistar mais pacientes. Então, além de seguir nosso passo a passo, não deixe de contar com um bom sistema de gestão. Ele é a chave para que você tenha sucesso no controle dos produtos utilizados no dia a dia.


Por isso, entre em contato com a Gestão DS e saiba como podemos ajudar sua clínica a ter resultados cada vez melhores!

Artigos Relacionados

Newsletter GestãoDS

Semanalmente os melhores conteúdos para médicos empreendedores.

"*" indica campos obrigatórios

Hidden
LGPD*
Ao enviar seus dados você declara que concorda com a nossa Política de Privacidade.
logo GestãoDS
Simples e Descomplicada – O melhor software para médicos com pacientes recorrentes.

Siga Nas Redes Sociais

Endeavor Scale Up
Todos os direitos reservados | Suno Sistemas – CNPJ: 23.640.571/0001-96 | Política de Privacidade e Termos de Uso