agenda

Data analytics na medicina ou área da saúde possibilita gerar soluções baseadas em dados, integração globais, além informações aos prontuários real time.

O Data Analytics é uma tecnologia que vem sendo amplamente adotada no ramo médico. Também conhecida por ciência de dados, ela consegue gerar soluções baseadas em dados por meio da compreensão de problemas reais do consultório. 

Isso tudo só é possível devido à análise efetuada pela inteligência artificial, que combina conhecimentos da Medicina com alternativas inovadoras do mundo tecnológico. O recurso é implementado em clínicas e, principalmente, no atendimento diário aos pacientes.

Data analytics

Acompanhe a seguir e conheça mais sobre as funcionalidades do Data Analytics na Medicina!

Como funciona o Data Analytics?

O Data Analytics é uma atividade que possibilita o exame de grandes volumes de dados. A análise desses dados pode ser feita por meio de softwares, em que as informações mais relevantes são organizadas para a identificação de padrões e, também, para se ter uma visão ampla e detalhada do negócio. 

A tecnologia é considerada uma estratégia que busca trabalhar informações, auxiliando significativamente os consultórios e clínicas na tomada de decisão. O processo analítico do Data Analytics é baseado em algumas etapas, como:

  • entrada de dados: determina quais são as informações relevantes;
  • data preparation: fase de preparação dos dados e geração de insights;
  • exploração de dados: momento de pesquisa e investigação;
  • enriquecimento de dados: fase responsável por revelar novos insights e mostrar informações em novas perspectivas;
  • data science: utiliza-se um método mais avançado para obter informações detalhadas com o suporte de algoritmos, machine learning e inteligência artificial;
  • business intelligence: etapa em que os resultados são repassados para o software;
  • geração de relatórios: momento em que os resultados das análises são compartilhados de forma ágil e eficaz;
  • otimização: etapa em que a base de dados consegue criar variáveis para evoluir as informações. 

Quando voltada para a rotina de clínicas e consultórios, o Data Analytics auxilia a traçar novas estratégias, aperfeiçoa o atendimento aos pacientes e ajuda os gestores a tomar decisões embasadas em dados reais. Além disso, a tecnologia facilita a implementação de ações para proporcionar a redução de custos em tratamentos.

Além dessas vantagens, o Data Analytics otimiza como um todo o cotidiano de médicos, enfermeiros e assistentes. Com um bom trabalho de dados, é possível manter a integridade do fluxo de informações e dar mais coerência, harmonização e rapidez aos serviços. 

Como implementar a tecnologia na clínica? 

O Data Analytics na Medicina pode ser adotado em todos os setores, já que representa capacidade de se adaptar aos mais diferentes cenários. A análise de dados fornece insights sobre a gestão do negócio, compara o desempenho do consultório com indicadores e pode, inclusive, medir os resultados e antecipar problemas.

As informações obtidas podem servir como base para a compreensão da evolução de doenças, para tomar decisões em relação aos melhores tratamentos e, ainda, para evitar a propagação e avanço de epidemias e contágios. Portanto, os dados funcionam bem para encontrar soluções eficientes para qualquer tipo de situação ou realidade. 

Veja, a seguir, como implementar a tecnologia no contexto de clínicas e consultórios!

Data Analytics medicina

Invista em um software 

O primeiro passo é investir em um software completo baseado em Data Analytics capaz de integrar sistemas, agregar dados e converter informações em insights valiosos para a tomada de decisão. Em geral, esses softwares são desenvolvidos por especialistas em gestão de saúde e, por isso, oferecem serviços estratégicos. 

Com um software, é possível prever o tempo de permanência de cada paciente, melhorar a avaliação da qualidade assistencial, reduzir eventos adversos, minimizar custos e ampliar o controle de riscos. Tudo isso contribui para tornar a atividade médica mais precisa. 

Realize análises de informações 

Na prática, o Data Analytics consegue compreender a fundo a análise de dados e mapear tendências e padrões. Isso possibilita, por exemplo, que os consultórios atuem com base em conhecimentos criados por um processo algorítmico, automatizado e detalhado. 

Com uma boa estratégia nesse sentido, os médicos podem oferecer experiências personalizadas para atender melhor os pacientes. Sem dúvidas, isso é um fator que potencializa o negócio, já que o profissional pode tomar decisões mais acertadas e alinhadas.

Encontre ferramentas adequadas

Para modernizar ainda mais o cotidiano de trabalho, é interessante encontrar ferramentas adequadas para automatizar os processos. Um sistema de gestão para clínicas, por exemplo, pode ser utilizado por toda a equipe e oferece uma série de funcionalidades interessantes para o dia a dia. 

software de gestão, por exemplo, permite que os médicos acessem as informações de pacientes de qualquer local, por meio de prontuários digitais. Também é possível visualizar a grade de horários com mais clareza e cuidar do setor financeiro do consultório. A tecnologia atua em toda a gestão, sendo um importante fator para reduzir custos e o tempo gasto em cada atividade.

Treine a equipe 

Toda a equipe precisa de treinamento para ficar por dentro de todas as funcionalidades e aplicações do Data Analytics. Isso é fundamental para que a tecnologia e seus recursos sejam aproveitados em seu máximo potencial. O time precisa ser desenvolvido tecnicamente para aplicar os dados da melhor maneira possível. 

É interessante que os médicos ofertem programas de treinamento e aprendizado contínuo para auxiliar os colaboradores. Também é possível investir em mentores ou reunir equipes multifuncionais para compartilhar experiências e conhecimentos em Data Analytics.

Data analytics

Quais são as principais finalidades do Data Analytics na Medicina? 

São inúmeros os diferenciais de utilizar o Data Analytics na Medicina, já que a tecnologia oferece uma série de funcionalidades para a rotina médica. Os prontuários eletrônicos, por exemplo, podem ser enriquecidos com uma série de informações de pacientes, como histórico médico, resultados de exame, entre outros. 

Todos os dados podem ser compartilhados em sistemas seguros que ficam disponíveis em provedores, possibilitando que profissionais da saúde possam modificar os arquivos ao longo do tempo. Além disso, o Data Analytics também reduz fraudes e violação de dados, pois os sistemas contam com segurança robusta contra ataques cibernéticos. 

O montante de dados ainda são úteis para auxiliar os médicos com previsões de pacientes. As informações são enriquecidas com algoritmos, tornando possível prever taxas de visitas e admissão em um determinado período. Com isso, os médicos podem preparar melhor as equipes e oferecer atendimentos de mais qualidade. 

O Data Analytics é uma tecnologia que veio para ficar e trazer inúmeras vantagens para o dia a dia de consultórios. Contar com um sistema de gestão completo, portanto, pode ser a solução ideal para modernizar a clínica e tornar os serviços mais eficientes. 

Gostou do conteúdo? Aproveite para nos seguir no instagram!

Não deixe de conhecer nosso software médico de gestão de clínica e fidelização de pacientes;

Artigos Relacionados

Newsletter GestãoDS

Semanalmente os melhores conteúdos para médicos empreendedores.
Hidden
LGPD*
Ao enviar seus dados você declara que concorda com a nossa Política de Privacidade.
logo GestãoDS
Simples e Descomplicada – O melhor software para médicos com pacientes recorrentes.

Siga Nas Redes Sociais

Endeavor Scale Up
Todos os direitos reservados | Suno Sistemas – CNPJ: 23.640.571/0001-96 | Política de Privacidade e Termos de Uso