Convênio ou Particular: qual escolher para prestar atendimento médico?

  1. Home
  2. »
  3. Gestão para Clínicas e Consultórios
  4. »
  5. Convênio ou Particular: qual escolher para prestar atendimento médico?
banner software médico completo para impulsionar clínicas e consultórios

Sumário

convênio ou particular

Hoje, mais do que nunca, os médicos têm a possibilidade de escolher o caminho que melhor se adapta às suas necessidades e objetivos de carreira. Uma dessas escolhas importantes é decidir entre prestar atendimento por convênio ou particular.

Essa escolha tem implicações diretas na forma como o médico se relaciona com seus pacientes, na autonomia sobre suas decisões clínicas, na sua remuneração e em diversos outros aspectos do exercício da profissão. Mas como saber qual é a melhor opção? Convênio ou particular?

Neste artigo, vamos explorar as particularidades de cada opção, apresentando seus prós e contras. Também discutiremos como as ferramentas tecnológicas, como os softwares médicos, podem auxiliar os médicos nessa escolha. No fim, esperamos que você tenha uma visão mais clara de qual opção pode ser a melhor para você e sua prática médica. Vamos começar?

Qual a diferença entre atendimento particular e atendimento por convênio? 

A diferença entre o atendimento particular e o atendimento por convênio se resume principalmente ao modo como o médico se relaciona com o paciente e ao tipo de administração do consultório ou clínica.

Atendimento por convênio

No atendimento por convênio, o paciente é, em geral, vinculado ao médico por meio de um plano de saúde. O médico recebe um valor fixo por cada consulta realizada, que é geralmente mais baixo que o valor cobrado no atendimento particular. Isso ocorre porque as operadoras de saúde têm o poder de negociar preços mais baixos devido ao grande volume de consultas que podem oferecer.

Além disso, os médicos que atendem por convênio precisam seguir as diretrizes e protocolos estabelecidos pela operadora, que pode limitar a liberdade do médico na tomada de decisões clínicas. Eles também tendem a ter uma carga horária mais intensa, pois precisam atender a um maior número de pacientes para compensar a remuneração mais baixa por consulta.

Atendimento particular

Já no atendimento particular, o médico tem uma relação direta com o paciente, que paga integralmente pela consulta ou procedimento. O médico tem total liberdade para definir o valor da consulta e não tem que seguir as diretrizes de nenhuma operadora de saúde, o que lhe confere maior autonomia na tomada de decisões clínicas.

Além disso, no atendimento particular, o médico tem a possibilidade de dedicar mais tempo a cada paciente, o que pode resultar em um atendimento mais personalizado e uma maior satisfação do paciente. No entanto, o médico ou sua equipe precisam lidar com todas as tarefas administrativas, como agendamento, cobranças e marketing, que podem ser mais trabalhosas.

Vantagens e Desvantagens do Atendimento por Convênio Médico

Explorar as vantagens e desvantagens do atendimento por convênio médico permite uma visão mais completa dessa opção. Ao considerar ambas as perspectivas, os médicos podem tomar decisões mais informadas sobre como estruturar sua prática.

Vantagens

Demanda consistente: Com a grande quantidade de pessoas que possuem plano de saúde, os médicos que atendem por convênio têm um fluxo constante de pacientes, o que garante uma demanda consistente.

Pagamento garantido: O pagamento pelo atendimento aos pacientes é feito diretamente pelo convênio, o que reduz o risco de inadimplência.

Marketing indireto: Os convênios médicos costumam disponibilizar listas de profissionais credenciados para seus usuários, o que pode servir como uma forma de marketing indireto para o médico.

Desvantagens

Baixa remuneração por consulta: O pagamento por consulta tende a ser menor em comparação ao atendimento particular, o que pode exigir um volume maior de atendimentos para garantir uma renda satisfatória.

Pouca flexibilidade: Muitos convênios têm diretrizes estritas sobre quais tratamentos e procedimentos são cobertos, o que pode limitar a autonomia do médico em seu trabalho.

Burocracia: Lidar com a burocracia dos convênios, como a autorização de procedimentos e o pagamento das consultas, pode ser uma tarefa cansativa e consumir tempo que poderia ser dedicado aos pacientes.

Rotina intensa: Para compensar a menor remuneração por consulta, muitos médicos que atendem por convênio optam por atender um número maior de pacientes por dia, o que pode resultar em uma rotina mais estressante e menos tempo para cada consulta.

Vantagens e Desvantagens do Atendimento Particular

O atendimento particular tem suas próprias vantagens e desvantagens únicas que merecem consideração. Assim como com o atendimento por convênio, compreender essas nuances pode ajudar os médicos a tomar decisões mais informadas sobre a estruturação de suas práticas.

Vantagens

Autonomia clínica: No atendimento particular, os médicos têm liberdade total para tomar decisões clínicas, sem as limitações impostas pelos convênios médicos.

Remuneração maior por consulta: Os médicos que atendem particularmente têm a liberdade de definir o preço de suas consultas, o que geralmente resulta em uma remuneração mais alta por consulta em comparação com os convênios.

Atendimento personalizado: Com mais controle sobre o tempo de consulta, os médicos podem oferecer um atendimento mais personalizado e aprofundado aos pacientes.

Controle sobre a gestão do consultório: A gestão do consultório, incluindo agendamento e cobranças, fica a cargo do médico ou de sua equipe, o que pode dar mais controle sobre a operação.

Desvantagens

Captação de pacientes: O atendimento particular exige que o médico invista em marketing e estratégias para atração e retenção de pacientes particulares, pois não contam com o fluxo garantido de pacientes de um convênio.

Risco de inadimplência: No atendimento particular, o risco de inadimplência é maior, uma vez que o pagamento é feito diretamente pelo paciente.

Gestão do consultório: Embora dê mais controle, a gestão do consultório também pode ser um desafio para os médicos, demandando tempo e esforço extra para lidar com questões administrativas.

vantagens e desvantagens do atendimento por convênio ou particular

Comparativo entre Convênio e Particular

Agora que já exploramos os principais aspectos do atendimento por convênio e do atendimento particular, vamos fazer um comparativo direto entre as duas opções.

Atendimento por ConvênioAtendimento Particular
Volume de PacientesAltoBaixo a médio
RemuneraçãoMenor por consultaMaior por consulta
Autonomia ClínicaLimitada por regras do convênioTotal
Relacionamento com o PacienteMenos tempo por consulta, relação menos personalizadaMais tempo por consulta, relação mais personalizada
Gestão do ConsultórioIntermediada pelo convênioTotal responsabilidade do médico ou sua equipe

Como Escolher entre Convênio e Particular:

A escolha entre prestar atendimento por convênio ou particular é uma decisão pessoal e profissional que envolve diversos fatores. Aqui estão algumas considerações que podem ajudar na tomada de decisão:

1. Avalie suas metas profissionais

Considere o que você deseja alcançar em sua carreira. Se você valoriza ter um volume maior de pacientes e a segurança de um fluxo constante de consultas, o atendimento por convênio pode ser a escolha certa. Se você preza por maior liberdade na prática médica, o atendimento particular pode ser mais adequado.

2. Considere sua especialidade médica

Algumas especialidades são mais demandadas em determinados tipos de atendimento. Por exemplo, especialidades como pediatria e ginecologia são comumente buscadas em planos de saúde, enquanto a psicoterapia costuma ser mais buscada no atendimento particular.

3. Analise o mercado local

O local de sua prática médica também pode influenciar a escolha. Em algumas regiões, a demanda por atendimento particular pode ser maior do que a demanda por atendimento por convênio, ou vice-versa.

4. Calcule o impacto financeiro

Faça uma análise financeira para entender como cada opção afetará sua renda. Lembre-se de levar em conta a remuneração por consulta, o volume de pacientes e os custos associados à gestão do consultório.

5. Considerações éticas

Pondere também sobre aspectos éticos desta decisão. Todos os pacientes devem receber o melhor cuidado possível, independentemente de estarem em um plano de saúde ou pagando particular.

Não existe uma resposta certa ou errada para essa escolha. O mais importante é que a decisão esteja alinhada com seus valores, metas e circunstâncias pessoais. 

Como combinar atendimento por convênio e particular? 

Optar por atender tanto por convênio quanto particular pode ser uma solução estratégica que traz o melhor dos dois mundos. Esta abordagem mista permite aos médicos diversificar suas fontes de receita e atingir um público maior. No entanto, é importante saber como gerir adequadamente este tipo de configuração para evitar qualquer confusão ou frustração. Aqui estão algumas dicas:

Estabeleça dias ou horários específicos para cada tipo de atendimento: Para manter a organização, pode ser útil designar certos dias ou horários da semana para atendimento por convênio e outros para atendimento particular. Isso ajuda a criar uma rotina previsível e evita misturar os dois tipos de atendimento.

Treine sua equipe para lidar com os dois tipos de atendimento: Sua equipe deve estar bem informada sobre as diferenças entre os atendimentos por convênio e particular. Eles precisam entender as especificidades de cada tipo de atendimento para poderem responder adequadamente às perguntas dos pacientes e lidar com questões como agendamento, cobrança e procedimentos autorizados pelo convênio.

Tenha sistemas de gestão eficientes: Ter um bom sistema de gestão é essencial para gerir adequadamente os dois tipos de atendimento. Isso inclui software de agendamento de consultas, gestão financeira, prontuários eletrônicos e mais. Um bom sistema de gestão pode ajudar a reduzir a carga de trabalho administrativo e a minimizar erros.

Seja transparente com os pacientes: Certifique-se de que seus pacientes entendam claramente a diferença entre o atendimento por convênio e particular. Seja transparente sobre os custos, tempo de consulta e quaisquer outras diferenças relevantes.

Mantenha a qualidade do atendimento em ambas as modalidades: Independentemente do tipo de atendimento que o paciente escolha, é crucial que a qualidade do atendimento seja a mesma. Não deixe que o tipo de pagamento influencie a qualidade de sua prática médica.

No próximo tópico, falaremos sobre o software médico Gestão DS e como ele pode auxiliar em todos esses processos.

Apresentando o Software Médico da Gestão DS

O software médico da Gestão DS é um sistema completo de gestão de práticas médicas, perfeitamente adaptado para médicos que atendem tanto por convênio quanto particular. 

Projetado para otimizar a administração do consultório, ele oferece funcionalidades como agendamento online, prontuário eletrônico, ferramentas integradas de marketing médico, gestão financeira eficiente e um exclusivo sistema de ranking de pacientes. Cada uma dessas características foi desenvolvida pensando em facilitar o dia a dia da sua prática médica, permitindo que você se concentre no que realmente importa: o atendimento aos seus pacientes.

Ao incorporar a Gestão DS em sua prática, você estará habilitado a tomar decisões mais informadas sobre a direção de sua carreira, seja optando por atendimento por convênio, particular ou uma combinação de ambos. Mais do que isso, você poderá melhorar a eficiência e a qualidade do atendimento, garantindo que seus pacientes recebam o melhor cuidado possível. Convidamos você a conhecer mais sobre o software médico da Gestão DS e descobrir como ele pode transformar sua prática médica. Clique aqui para saber mais!

Picture of Felipe Ravanello
Felipe Ravanello
Sócio fundador e Diretor de Negócios e Crescimento da GestãoDS, sistema de gestão para clínicas e consultórios médicos com mais de 10 mil usuários ativos em todo o país. É mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Host do podcast Prontuário de Gestão.