conteúdos educativos

Engajar, informar, atrair, divulgar. Em plena era do marketing digital, você certamente entende a importância desses termos para o sucesso de qualquer negócio. E ainda que as clínicas e consultórios tenham demorado a entrar nesse universo, hoje é praticamente impossível se falar de bons resultados sem o suporte de um planejamento de comunicação. E nesse mundo a ser explorado, o conteúdo educativo é fundamental para alimentar o contato com o seu público.

A célebre frase de Bill Gates, para quem “o conteúdo é rei” já ganhou até reinterpretações. Para Lee Oden, reconhecido hoje como um dos maiores especialistas em markting digital do Mundo, o conteúdo é, na verdade, o reino inteiro. No livro Optimize – How to Attract and Engage More Customers by Integrating SEO, Social Media and Content Marketing, ele defende que o conteúdo estratégico e bem alinhado é fundamental para o sucesso de comunicação de qualquer negócio.

conteúdo educativo

Outra lição valiosa de Oden é a de que os consumidores esperam reconhecer algo de valor na marca antes mesmo do momento da compra. E aí entra a importância essencial do conteúdo educativo no contexto da comunicação entre médicos e pacientes.

Mas esqueça texto enfadonhos, termos técnicos e detalhamentos científicos. O conteúdo educativo dirigido a pacientes precisa falar com eles em linguagem simples, direta e descomplicada. O que pode ser um desafio para médicos acostumados a ler artigos, estudos e conversar usando termos do jargão da área.

Leia mais:

Saiba qual é a importância de conhecer sua persona
Dicas básicas de estratégias para o sucesso do cliente
Marketing médico: como garantir a sua presença digital

Por isso, preparamos um roteiro para ajudar esses profissionais a entenderem que a elaboração de conteúdo educativo é, além de um ponto essencial para divulgar seu trabalho, uma tarefa que não exige grandes esforços.

Mas por onde começar? De onde tirar ideias? Como e com quem devo falar? Qual é a melhor forma desse material chegar ao meu público? Calma! Com a ajuda desse passo a passo, vamos mostrar que produzir um conteúdo educativo adequado aos seus pacientes não é um bicho de sete cabeças.

Este guia vai tirar suas principais dúvidas e ajudar na produção de um material relevante e útil.

conteúdo educativo

O que é preciso saber para começar a produzir conteúdo educativo? 

Antes de qualquer coisa, lembre-se de que uma comunicação eficaz e efetiva exige a colaboração integral de todos que trabalham com você, daí a importância de se construir uma equipe de sucesso. Ela deve estar sempre atenta às dúvidas e demandas dos seus pacientes e envolvida com as novidades e atualizações da sua clínica. Essa é a principal chave de sucesso para a fidelização de pacientes

Aqui a palavra de ordem é planejamento. E isso precisa ser levado como o principal compromisso de longo prazo na sua estratégia de comunicação. Se você produzir um conteúdo sem roteiro, as chances de se perder no caminho e não ter resultados é certa.

Por isso, é muito importante saber quem é o público que você quer atingir. Entenda com quem você quer falar, os interesses dessas pessoas e como elas devem ser abordadas. Para isso, é essencial avaliar quem é a sua persona, como é chamado um personagem modelo do seu negócio. O termo vem da publicidade e retrata uma pessoa fictícia, baseada nas características e preferências do seu público. É nela que seu conteúdo precisa ser focado.

persona conte rico
Aprenda a utilizar a persona para melhorar os resultados da sua clínica no nosso manual gratuito

A partir dela, você consegue enxergar com mais clareza os hábitos e anseios dos seus pacientes e assim escolher a melhor forma de se comunicar com eles. Por exemplo, será que é melhor você entrar em contato via e-mail, WhatsApp ou até mesmo por telefone?

Somente com base nessas pesquisas prévias aprofundadas sobre as preferências do seu público é possível descobrir isso. E, claro, muito do seu conteúdo (tamanho de texto, tom, linguagem) vai depender do meio pelo qual ele será enviado.

conteúdo educativo

Foque na utilidade do que você comunica

Por isso, a sua linha-mestra nessa etapa precisa ser a utilidade. Tudo o que você comunicar para o seu paciente precisa ser útil para ele. É isso que vai garantir a a atenção à sua comunicação e o desenvolvimento de interesse no que você tem a dizer.

Pense, antes de tudo, em como você pode guiar seu público, ajudando-o a tirar dúvidas e a entender mais sobre determinado assunto. Mostre como a sua comunicação e o seu trabalho podem auxiliar a resolver algum problema ou acolher alguma angústia.

Para isso, o ideal é tomar como ponto de partida as dúvidas dúvidas dos seus pacientes. Para chegar até elas, ative uma escuta atenta durante as consultas, converse com sua equipe, acompanhe fóruns e redes sociais. Essa observação cuidadosa vai lhe render muitos insights!

Leia mais:

Como ampliar o marketing digital da sua clínica
Dicas para fidelizar os pacientes
5 dicas de marketing médico para ajudar a alavancar sua carreira

Além disso, fale sobre novidades da sua área de atuação e da sua clínica. Apresentes novos procedimentos, fale sobre pesquisas e aponte diferenciais entre os serviços que você já oferece. Porém lembre-se sempre de que o conteúdo precisa ser educativo e informativo, sem apelo para propagandas sem propósito e intenções puramente comerciais.

O ponto-chave da fidelização de pacientes focada no conteúdo educativo não é somente vender ou atrair mais pessoas. Em vez disso, o objetivo precisa ser centrado em mostrar conhecimento, inovação, preocupação e, sobretudo, encantar seus pacientes com informação valiosa e de qualidade. Por isso, é preciso ter atenção no que você pretende despertar e no momento mais oportuno para fazer isso.

conteúdo educativo

Mãos à obra: é hora de começar a produzir conteúdo educativo

Você já sabe quem é sua persona, como e o quê falar com ela e por quais canais deve se comunicar. Agora é hora de colocar a mão na massa. E além de disposição, isso exige experimentação.

Caso se sinta à vontade com a escrita, comece produzindo conteúdos para e-mail ou mensagens curtas para serem disparadas por WhatsApp. Mas é preciso diversificar e observar. Se seu público reage bem a vídeos, por exemplo, você vai precisar apostar nesse formato. Ter o apoio e a orientação de de um profissional de produção de textos ou de audiovisual podem ser essenciais nesse momento.

Se seu principal problema na criação de conteúdo for o tempo, otimize sua produção. Você pode fazer pequenas gravações sobre assuntos que seus pacientes levantam frequentemente e enviar o material para outra pessoa editar. Lembre-se que o tempo investido neste projeto é revertido na fidelização e na atração de quem acompanha seu conteúdo.

Mesmo que você não consiga parar por muito tempo para se dedicar à produção de conteúdo educativo, tente separar de 10 a 20 minutos por dia. Outra forma eficaz de abraçar essa tarefa é criar metas e desafios, como redigir 3 parágrafos por dia. Assim, ao longo do tempo, você terá um material relevante.

Leia mais:

Construa o marketing para clínicas perfeito com as melhores ferramentas
6 dicas para criar um planejamento de marketing em seu consultório do zero
Automação de marketing no consultório: o que é e como implementar

conteúdo educativo

Garanta que o conteúdo chegue aos seus pacientes

Por fim, chega o momento de distribuir esse conteúdo. E é óbvio que a tecnologia pode ajudar muito nessa tarefa, automatizando ações que levariam muito tempo caso fossem feitas de forma manual. Para isso, o ideal é contar com a ajuda de um software de gestão integrado que ofereça funcionalidades de marketing e se encarreguem de enviar esse material por e-mail ou mensagem de um jeito simples e prático.

Isso ajuda em outro ponto essencial na criação de conteúdo educativo: a periodicidade. Em uma plataforma com ferramentas de automação de marketing, é possível fazer a programação de envios, o que otimiza essa tarefa e permite que o trabalho de distribuição de conteúdo de um mês seja feito em pouco tempo.

Com a ajuda desse passo a passo, você já pode começar a construir conteúdo educativo para o seu público e distribui-lo. Com o tempo, você vai começar a perceber os feedbacks e o retorno positivo. Quer entender como a Gestão DS pode ajudar na prática a otimizar todo esse processo? Entre em contato com um dos nossos experts que estão sempre a postos para entender suas necessidades e oferecer a melhor solução.

Artigos Relacionados

Newsletter GestãoDS

Semanalmente os melhores conteúdos para médicos empreendedores.
Hidden
LGPD*
Ao enviar seus dados você declara que concorda com a nossa Política de Privacidade.
logo GestãoDS
Simples e Descomplicada – O melhor software para médicos com pacientes recorrentes.

Siga Nas Redes Sociais

Endeavor Scale Up
Todos os direitos reservados | Suno Sistemas – CNPJ: 23.640.571/0001-96 | Política de Privacidade e Termos de Uso