Como ter uma clínica de dermatologia de sucesso?

  1. Home
  2. »
  3. Dermatologia
  4. »
  5. Como ter uma clínica de dermatologia de sucesso?
banner software médico completo para impulsionar clínicas e consultórios

Sumário

Você também tem o sonho de abrir uma clínica de dermatologia? Muitas pessoas compartilham do mesmo interesse, mas não sabem por onde começar ou quais estratégias adotar para ter um melhor desempenho. Afinal, é preciso lidar com a concorrência e um público exigente.

Além disso, entrar no mundo do empreendedorismo envolve desafios que nem sempre os dermatologistas estão habituados. Isso porque a formação deles costuma incluir apenas conceitos médicos. Logo, para abrir uma clínica, também é necessário aprender a lidar com processos burocráticos, marketing para atrair e fidelizar pacientes etc.

Parece complexo abrir uma clínica de dermatologia de sucesso? Existem algumas dicas e informações que simplificam o processo e ajudam a decidir se você tem o perfil para dar continuidade a essa ideia. Confira!

clínica de dermatologia

Quanto ganha um dermatologista?

Esse profissional tem uma remuneração média de R$ 10.674,00 no Brasil. A variação para mais ou para menos depende do tempo de experiência na área, horas trabalhadas e região de atuação profissional. Afinal, em alguns lugares a demanda pode ser maior e ter menos concorrência, explicando um salário mais elevado.

Quanto ganha um dermatologista pelo SUS?

A remuneração média de um dermatologista pelo SUS é de R$ 6 mil.

Quanto ganha um dermatologista particular?

O salário médio para quando o dermatologista realiza consultas particulares é de R$ 10 mil. 

A subespecialização de um dermatologista também influencia na remuneração do profissional. Ela se divide em Cosmiatria (Dermatologia Cosmética), Hansenologia e Cirurgia Dermatológica. A Cosmiatria, que realiza procedimentos estéticos, pode ganhar em média R$ 40 mil ou R$ 50 mil, principalmente quanto o dermatologista alcança mais prestígio profissional.

Para alcançar esse objetivo, muitos decidem abrir um consultório. Isso pode elevar o prestígio profissional e a remuneração porque, além de executar o trabalho, há ganhos com o trabalho de outros profissionais. Estes podem incluir até outras profissões, como fisioterapeutas, que operam laser, fazem limpeza de pele etc. 

Quanto custa montar uma clínica dermatológica?

É preciso fazer um investimento inicial médio de R$ 10 mil, que pode ser bem mais elevado se o espaço for maior e tiver mais equipamento. Nesses casos, uma clínica médica pode custar em média de 80 mil a 800 mil. 

A variação do valor depende muito das condições financeiras do público-alvo, assim, clínicas populares podem ser mais acessíveis. Além disso, o custo desse tipo de empreendimento também depende da especialidade atendida, localização da clínica e muitos outros fatores.

Como abrir uma clínica de Dermatologia?

Existem alguns pontos indispensáveis para ter em mente ao tirar esse sonho do papel. Acompanhe!

Documentação

A parte burocrática não pode ser negligenciada para quem quer abrir um consultório dermatológico de sucesso. Afinal, ele regulariza o empreendimento e impede problemas com a justiça, como o pagamento de multas e até a notificação de fechamento por irregularidades. Então, os documentos principais são:

  • IPTU do Imóvel;
  • cópia já autenticada do RG e CPF;
  • cópia do contrato de locação ou de compra e venda;
  • conferir com a ANS (Agência Nacional de Saúde) que contém 54 tipos de atendimento implementados, e definir qual será o seu.

Após reunir essa documentação, é o momento de criar o contrato social, que exige:

  • registro na Junta Comercial ou Cartório;
  • Alvará de Funcionamento da Prefeitura;
  • Alvará de Funcionamento do Corpo de Bombeiros;
  • Alvará da Vigilância Sanitária;
  • regulamentação do seu consultório junto a CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde);
  • Pode haver outra documentação exigida, conforme o município onde a clínica será instalada.

Leia mais:
Qual área da estética que dá mais dinheiro?
Teledermatologia: o que é, como usar e quais os benefícios
Software médico na clínica dermatológica: conheça os benefícios

Clínica de Dermatologia

Forma de atuação

É importante definir se você atuará como Pessoa Jurídica (PJ), devendo abrir um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), ou como autônomo, sendo Pessoa Física. Ambos os casos têm as suas particularidades.

No caso da atuação PJ é preciso emitir notas fiscais e escolher o melhor regime tributário para a cobrança de impostos, podendo ser Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Além disso, você passa a contribuir para a previdência social, devendo pagar uma taxa mensal.

No caso da atuação autônoma, também é necessário pagar impostos mensalmente, além de fazer um recibo para cada atendimento efetuado na clínica. 

Marketing e publicidade

Outra preocupação para montar clínica de dermatologia de sucesso é quanto às estratégias de marketing e publicidade. Afinal, sem divulgar e explanar os diferenciais do seu empreendimento, a clínica pode ser engolida pela concorrência e se torna difícil até contratar profissionais.

Isso porque, para atraí-los, é preciso mostrar que o espaço tem um plano de carreira, boa remuneração, potencial de crescimento etc. Uma maneira de alcançar esse objetivo é investir em tecnologia, como usar redes sociais para anunciar os serviços, equipamentos, e infraestrutura.

Em muitos casos, a divulgação pode ser feita com a contratação de influenciadores digitais, convidados para visitar o espaço e usar os serviços. Assim, eles compartilham a experiência para o público fiel nas redes sociais, que podem se interessar em visitar a clínica.

Interessado em aprender estratégias eficazes de marketing e publicidade para sua clínica de dermatologia? Assista ao vídeo com a Dermatologista Dra. Lauren Morais, onde ela revela como o plano 360º da GestãoDS transformou a gestão do marketing de sua clínica

Público-alvo

A definição do público-alvo é essencial para montar todas as estratégias do empreendimento. Isso porque, é o tipo de paciente atendido que deve definir decoração, nível de investimento, onde divulgar a clínica etc.

A explicação é que públicos da classe A e B têm demandas e percepções de valor diferentes dos da classe C. Logo, se quiser atrair pacientes com maior poder aquisitivo, é necessário investir em equipamentos mais avançados e outros serviços de última geração. Por outro lado, classes mais populares tendem a priorizar o melhor custo-benefício.

Atualizações

Para manter o negócio por muito tempo é importante que o gestor se atualize com frequência. Primeiro porque o ramo da dermatologia, especialmente na subespecialidade de estética, evolui constantemente. Além disso, gerir um empreendimento também demanda capacitações regulares para garantir uma melhor tomada de decisão.

Como visto, abrir uma clínica de dermatologia de sucesso envolve uma série de desafios. Apesar disso, você pode faturar muito mais, elevar o prestígio profissional e claro, tirar um sonho do papel. Para isso, é preciso se organizar e fazer alguns investimentos.

Um deles é em um software para dermatologistas, útil para automatizar agendamentos, além de oferecer várias outras funcionalidades. Entre em contato conosco e saiba mais!

Picture of Felipe Ravanello
Felipe Ravanello
Sócio fundador e Diretor de Negócios e Crescimento da GestãoDS, sistema de gestão para clínicas e consultórios médicos com mais de 10 mil usuários ativos em todo o país. É mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Host do podcast Prontuário de Gestão.