agenda

Felizmente, a medicina e a ciência vêm avançando bastante, de forma a proporcionar tratamentos e escolhas terapêuticas mais eficientes para uma imensa gama de patologias e condições que estão presentes em nosso dia a dia. Por isso, preparamos um post com algumas dicas de como promover a segurança do paciente na administração de medicamentos.

segurança do paciente na administração de medicamento

Trata-se de uma questão fundamental, visto que nenhuma conduta pode ser tomada sem que haja total conhecimento e proteção não apenas quanto às medicações que serão utilizadas, mas também em relação às suas vias, potenciais efeitos adversos e assim por diante. Continue sua leitura e descubra como fazer isso!

Especifique o objetivo terapêutico

O primeiro passo para promover a segurança do paciente na administração de medicamentos consiste em especificar qual é o objetivo terapêutico. Na prática, isso quer dizer que você deve ponderar e se certificar de que há uma razão válida para usar uma determinada medicação, condizente com o diagnóstico traçado e apresentando bom custo-benefício.

Para isso, também devem ser sopesados os riscos, probabilidades e eventuais limitações, que variam de acordo com o local de atendimento, o perfil da pessoa e outras características essenciais. É uma prerrogativa da autonomia médica, que deve ser utilizada com todo o cuidado e detalhamento para a obtenção do melhor resultado possível.

Fala uma prescrição clara e legível

Um problema muito comum na administração de medicamentos é a ausência de uma prescrição clara e legível. Como a rotina do médico é extremamente corrida e estressante, nem sempre é dado o devido valor para a escrita, mas isso não deixa de ser um erro, que pode causar tremendos prejuízos e até a realização de uma terapêutica inadequada.

doctor explaining medical diagnostic

É fundamental, portanto, que a receita seja compreensível e que você confira os marcadores de identidade, como nome e data de nascimento. Também será imprescindível determinar os horários certos, as doses e as devidas orientações. Uma ótima opção é digitar no computador e entregar impresso, o que não deixa de ser uma forma de padronizar o seu atendimento.

Utilize um bom software médico

Por fim, nos dias de hoje, não dá para falar em promover a segurança do paciente na administração de medicamentos sem citar que a tecnologia pode ser uma excelente aliada. Como dissemos no tópico anterior, digitar as receitas e digitalizar alguns serviços pode ser um caminho excelente para otimizar a rotina e padronizar o atendimento.

Uma das maneiras de fazer isso é apostando em um software médico. Uma boa ferramenta do tipo pode até mesmo ajudar na decisão do diagnóstico e do receituário, contribuindo para que você não se esqueça de nenhum detalhe. Os cadastros podem ser feitos com modelos personalizados e você ainda pode incluir cirurgias, procedimentos e prescrições.

close up patient health worker holding hands

Agora você já sabe como promover a segurança do paciente na administração de medicamentos! Adote essas medidas simples e aprimore os resultados do seu consultório.

Gostou de aprender como promover a segurança do paciente na administração de medicamentos? Quer contar com uma ferramenta que pode ajudar bastante nesse sentido? Então, entre em contato conosco e conheça nossa solução!

Artigos Relacionados

Newsletter GestãoDS

Semanalmente os melhores conteúdos para médicos empreendedores.
Hidden
LGPD*
Ao enviar seus dados você declara que concorda com a nossa Política de Privacidade.
logo GestãoDS
Simples e Descomplicada – O melhor software para médicos com pacientes recorrentes.

Siga Nas Redes Sociais

Endeavor Scale Up
Todos os direitos reservados | Suno Sistemas – CNPJ: 23.640.571/0001-96 | Política de Privacidade e Termos de Uso